Atalho Image Map

domingo, 29 de maio de 2016

Imagine Hot - Liam Payne

LEMBRETE: Este imagine não foi escrito por mim!
(c): We dream the same dreams






- Eu não quero saber ! – Liam gritou comigo quando chegamos em casa.

- Será que você pode abaixar o tom de voz, por favor? – eu perguntei totalmente impaciente.

- Eu não quero abaixar o tom , será que você não entende? – ele disse jogando as mãos para o alto completamente transtornado.

- Você é que não entende, eu não tenho culpa do que aconteceu, será que tem como colocar isso na sua cabeça? – perguntei me virando pra ele.

- Aquele cara estava colado em você, ele estava te tocando e você não fez nada, NADA – ele gritou mais um pouco.

- Você queria que eu fizesse o que Liam? Eu estava tentando me soltar dele, mas não sei se você percebeu ele era bem maior e mais forte do que eu.

- Podia ter falado que tem namorado.

- E você acha mesmo que isso adiantaria? É claro que não, até parece que não conhece esse tipo de homem, eles não estão nem ai se a mulher tem ou não namorado, eles estão pouco se fodendo pra isso – eu disse completamente irritada.

- Eu não quero mais discutir, você sabe o que faz, mas depois não reclame das consequências – ele diz subindo as escadas e me deixando sozinha na sala.

Liam estava completamente transtornado porque um homem se aproximou de mim e tentou me beijar na balada em que estávamos, eu tentei me livrar dele, mas ele era bem mais forte que eu então foi impossível. Ele só me soltou porque Liam apareceu lá completamente irritado só não sei se era comigo ou com o rapaz, mas eu não tive culpa de nada e não mereço ser tratada desse jeito por uma coisa que ele acha que viu.

Subi as escadas batendo o pé, completamente irritada por essa atitude desnecessária dele. Tudo bem, eu tenho que admitir que ás vezes acho fofo o ciúmes dele, mas hoje passou de todos os limites sendo que não aconteceu nada.

Cheguei ao quarto e ouvi o barulho do chuveiro, entrei feito um furacão no quarto, mas ao olhar para a porta entre aberta do banheiro eu fiquei totalmente paralisada. Liam estava tomando banho com o braço apoiado na parede e de cabeça baixa com os olhos fechados, mas mesmo assim eu conseguia ver que ele estava totalmente irritado, com raiva, os músculos de suas costas estavam tensionados, o punho estava fechado enquanto ele deixava a água escorrer por todo o seu corpo com certeza numa tentativa de relaxar, as veias do seu braço estavam saltadas, mas ver aquilo não estava me relaxando, muito pelo contrário, estava me deixando animada, muito animada.

Nunca pensei que ver Liam com raiva por algo fosse me deixar nesse estado, mas aquela expressão de raiva, a mão fechada enquanto esmurrava a parede fazia com que uma onda de calor subisse por todo o meu corpo. Eu sentia cada pelo do meu corpo se arrepiar com aquela visão e mil pensamentos passavam na minha mente.

Não queria interromper esse momento dele, mas aquilo estava ficando insuportável e meu estado não era nenhum pouco favorável, eu precisava aliviar isso que estava sentindo, então tirei a minha roupa devagar e entrei no banheiro sem fazer muito barulho, quando me aproximei mais dele eu pude comprovar que ele estava mesmo irritado e eu queria somente esquecer tudo isso e relaxar ele da melhor maneira possível.

- O que faz aqui? – ele perguntou ainda na mesma posição, sem me olhar.

- Eu vim tomar um banho, estou precisando relaxar – eu disse na maior inocência.

Liam não disse nada, apenas levantou o olhar pra mim e eu senti meu corpo todo estremecer, seu olhar estava completamente irritado, ele apertou ainda mais as mãos e meus olhos desceram por todo o seu corpo, as gotas de água escorriam por todo o peito dele e descia para a sua barriga definida, enquanto os músculos de seus braços estavam todos tensionados:

- Você quer relaxar? – ele disse se aproximando de mim sem se importar se estava ou não molhando o banheiro.

- Sim – eu disse com a voz fraca devido à aproximação.

- Humm, muito bom saber disso, sabia? – ele disse me puxando pela cintura até colar nossos corpos.

Apesar de estar debaixo d’água o corpo de Liam continuava quente e isso não estava ajudando em nada, só estava aumentando ainda mais minha excitação.

- Você me deixou muito irritado hoje, sabia? – ele disse dando pequenos beijos debaixo da minha orelha.

- Deixei? – me fiz de inocente.

- Deixou e eu espero que isso não se repita porque se não eu vou ter que dar um jeito nisso – ele disse dando um beijo no meu queixo e logo em seguida descendo com a língua para o meu pescoço.

Liam apertava cada vez mais a minha cintura enquanto distribuía beijos em meu pescoço. Senti a boca dele descer até meus seios e sua língua passar em volta de um dos meus mamilos enquanto uma de suas mãos apertavam o outro. Soltei um gemido de surpresa quando o senti mordiscar o bico do meu seio, ele sabia que eu estava excitada com tudo aquilo e parece que tinha a intenção de me provocar o máximo que pudesse.

Ele me pegou no colo e me levou para debaixo do chuveiro, encostou minhas costas na parede e me beijou ferozmente. Era um beijo quente e completamente apressado, ele parecia ter pressa, mas eu sentia que ele ainda estava irritado com tudo o que havia acontecido:

- Eu não gostei nenhum pouco de ver outro cara te tocando, sabia ? – ele disse descendo uma de suas mãos até a minha intimidade.

- S-sim… – eu disse gaguejando.

- E a única vontade que eu tenho agora é te foder bem forte pra te lembrar que você é só minha e só eu posso te tocar do jeito que você gosta – ele sussurrou no meu ouvido com a voz completamente rouca e um pouco irritada.

Eu não conseguia falar nada, toda aquela situação estava me deixando completamente sem reação, eu apenas obedecia Liam e acho que era esse o objetivo dele. Gemi alto quando senti dois dedos dele entrarem de uma vez na minha boceta completamente molhada:

- Está excitada por me ver irritado? – ele perguntou enquanto fazia movimentos rápidos pra dentro da minha intimidade.

Não respondi nada, eu só conseguia gemer e respirar rapidamente.

- Responde ! – ele disse completamente autoritário.

- Sim… – foi a única coisa que saiu da minha boca.

- Muito bem, agora geme pra mim, vai…

Liam fazia colocava e tirava seus dedos rapidamente de mim, enquanto seu polegar massageava meu clitóris, aquilo estava me deixando completamente louca e a única coisa que eu conseguia fazer era gemer baixo no ouvido de Liam.

Meus olhos estavam fechados e minha cabeça estava apoiada na parede enquanto os dedos de Liam exploravam toda a minha intimidade me deixando cada vez mais louca.

- Quero provar o gosto dessa bocetinha… – ele disse e se ajoelhou na minha frente, colocando as minhas pernas em seu ombro e passando a língua bem próxima a minha intimidade.

Senti a língua quente de Liam entrar em contato com a minha boceta e logo ele começou a fazer movimentos circulares com a língua em meu clitóris, enquanto minhas mãos puxavam seu cabelo. Meu corpo todo estava arrepiado, era impressionante o efeito que Liam tinha sobre mim, quando se tratava dele meu corpo sabia reagir na hora e essas eram com certeza as melhores sensações, só ele sabia me fazer ficar nesse estado, só ele conseguia me dar prazer de verdade.

- Eu não aguento mais Liam… – eu disse com os olhos fechados.

- O que você quer ? – ele disse me olhando sem parar de me chupar.

- Eu preciso de você, por favor…

- Pede direito – ele disse dando um tapa na minha bunda.

- Me fode Liam…

Não precisei pedir duas vezes porque logo Liam se levantou com um sorriso bem safado no rosto e me pegou novamente no colo.

- Vou te foder bem gostoso agora meu amor… – ele disse já posicionando o membro dele na minha entrada.

Senti ele me penetrar de uma vez enquanto apoiava as mãos na parede:

- Aaaah… – eu gemi quando Liam saiu e entrou de uma vez na minha intimidade.

- Está gostando? – ele perguntou metendo cada vez mais rápido.

Não respondi

- Responde – ele disse num tom mais alto.

- Estou…

Liam me puxou para mais um beijo enquanto metia cada vez mais rápido e forte em mim:

- Diz pra mim que é só minha, vai…

- Eu sou sua Liam – eu disse com a respiração acelerada.

- Diz quem é que te fode bem, diz… – ele disse com a voz alterada.

- Você, só você Liam – eu disse enquanto arranhava as costas dele.

- Só eu… Você é só minha tá entendendo, ? Hein? – ele perguntou olhando diretamente pros meus olhos.

- Sim… – disse entre gemidos.

- Então pede mais vai…

- Por favor, Liam, me fode – eu pedi desesperada.

Ele estocava em um ritmo frenético e eu só sabia gemer e pedir por mais, não conseguia reagir de outra forma e acho que era isso mesmo que ele queria já que quanto mais eu gemia mais ele metia em mim. Eu estava chegando no meu limite e com certeza não aguentaria por muito mais tempo se continuasse assim.

- Liam, eu vou… – não consegui terminar a frase.

- Goza amor, vai… – ele pediu baixinho no meu ouvido – Goza pra mim, baby.

Liam deu mais algumas estocadas e eu não aguentei mais, gozei com o pau dele ainda dentro de mim. Logo em seguida senti o liquido de Liam me preencher, era uma sensação maravilhosa toda vez que eu transava com Liam. Eu adorava fazer amor com ele, mas tenho que confessar que ele irritado desse jeito foi bem mais excitante.

Nós ficamos em silêncio debaixo do chuveiro na mesma posição esperando nossas respirações se acalmarem e depois de um tempo ele falou:

- Eu sei que não aconteceu nada demais naquela boate e que foi totalmente desnecessário o meu ataque de ciúmes, mas eu não gostei nenhum pouco de ver aquele cara tocando em você , aquilo me deu uma raiva que você nem imagina – ele disse me colocando no chão novamente e passando a mão no meu rosto.

- Eu percebi que você ficou com raiva e tenho que confessar que gostei de descobrir esse seu lado, achei ele bem prazeroso – eu disse com uma cara de sapeca.

- Não provoca… – ele disse sério.

- Se quiser pode ficar irritado quantas vezes quiser, desde que me foda do mesmo jeito que fez hoje – eu disse no ouvido dele.

Eu sabia que estava provocando ele, mas no fundo acho que era isso mesmo que eu queria, queria ver Liam irritado e totalmente possessivo pra me dar prazer como se não houvesse amanhã e acho que esses também eram os planos dele. É, acho que eu poderia aguentar essa irritação dele quantas vezes forem necessário.

6 comentários:

  1. Uma melhor que a outra

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Como entro em contato com vcs ??
    Escrevi uma continuação para Unfaithful ... queria eviar p vcs ����

    ResponderExcluir
  4. Como entro em contato com vcs ??
    Escrevi uma continuação para Unfaithful ... queria eviar p vcs ����

    ResponderExcluir
  5. Como entro em contato com vcs ??
    Escrevi uma continuação para Unfaithful ... queria eviar p vcs ����

    ResponderExcluir
  6. Olá, sou uma das escritoras! Não tenho mais contato com a dona do blogger mas pode mandar pra mim por e-mail que postarei em seu nome! ☺

    ResponderExcluir

✖ Sugestões e críticas são bem vindas.
✖ Caso o script interativo não esteja pegando, informe, por favor.