Atalho Image Map

sábado, 16 de agosto de 2014

unfaithful - capítulo dois

{...  Você sempre me pode encontrar aqui  ...}
Boy Harry Styles
Nome: Unfaithful
Autora: Ana
Classificação: +18
- O que achou? - minha mãe perguntou, olhando-me atentamente assim que cheguei em sua casa. 
- Foi estranho, mas um estranho bom. 
- Especifique, eu posso por outro garota em seu lugar.
- Não, não o faça. - eu sou um tanto desesperada, e me repreendo pelo meu tom de voz assim que ela me olha desconfiada com sua sobrancelha perfeita arqueada. - Digo, eu gostei do serviço, é diferente e algo me diz que será uma aventura. É um tanto interessante. 
- Acha que o Srº Styles é capaz de trair a esposa?
- Posso dizer que, eu não duvido. Ele é atraente, pode ter a mulher mais bela em suas mãos em um estalar de dedos, e sempre que eu usava palavras com duplos sentidos ou era um pouco mais direta, ele não disfarçava o interesse.
- Contará a esposa dele? - ela retira sua atenção de mim e começa a olhar algo na tela de seu celular, a qual acaba de toca, deduzo que recebeu alguma mensagem.
- É o meu trabalho.
- Só quero lhe informar uma coisa, não ser envolva com ele. 
- Só estou fazendo meu trabalho mãe. - digo a revirar os olhos. - Eu vou para casa.
- Não se preocupe com seu serviço aqui, enquanto estiver envolvida com esse trabalho não fará outro. Por mim não faria nenhum.
- Polpe-me mãe, não vamos ter essa conversa novamente certo?
- Eu só não gosto de lhe ter envolvida nisso, preferia que fizesse outra coisa. Mas como a amada filha que tenho me ameaçou que se não trabalhasse para mim seria à uma desconhecida, fui obrigada a aceitar isto.
- Mãe... Eu não ameacei, deixe de ser dramática. Eu apenas a comuniquei do que faria se não me quisesse com a senhora. Acho melhor eu ir para casa, não quero discutir com a senhora sobre isso, novamente.
Apesar de mal ter chego, logo me retiro da casa de minha mãe, não estava com cabeça para entrar nesse assunto novamente com ela. Mas ela sempre tem que trazer esse assunto à frente quando estamos conversando, obviamente isto sempre me irrita. 
Entrando em meu carro meus pensamentos são tomados por olhos verdes e cabelos cacheados. Eu não vou negar, Harry Styles me chamou atenção. 

 Flashback 2h atrás:

Tinha conseguido entrar em uma conversa com Harry, mas a maior parte do tempo mal conseguia prestar atenção em suas palavras. Meus olhos apenas o olhava atentamente, para cada detalhe de sua feição seria. Seu pequeno sorriso galanteador enquanto dirigi suas palavras à mim com sua voz extremamente rouca e simplesmente sexy, isso simplesmente faz com que minha mente viage em pensamentos impuros com este homem a se afundar em mim enquanto me diz coisas 'porcas' com essa sua voz.
- Primeira vez que vem aqui? - ele diz enquanto olha envolta e eu me desperto de meus pensamentos, estava começando a ir longe demais,já podia sentir a umidade em certa região.
- Sim, o ambiente parecia agradável e resolvi vim tomar um café.
- Fez uma boa escolha,  aqui é sempre bem tranquilo, um ótimo lugar para se passar o tempo tomando um bom café enquanto pensa.
- Percebo, mas não apenas isso. Também um ótimo lugar para encontrar pessoas bonitas. - digo olhando em seus maravilhosos olhos verdes, e um sorriso surge em seus lábios mostrando suas covinhas. Só digo que Hannah tem sorte de ter este marido. 
- Bem, você é a primeira pessoa bonita que encontro aqui.
- Devo me sentir lisonjeada?
- Tenho certeza absoluta que não é a primeira vez que dizem o quanto es bela, não é como se fosse uma novidade para ti.
- Bem, não quero ser convencida, mas está certo. Porém nunca foi um elogio vindo de uma pessoa mais bela que eu. - digo e tomo um pouco mais de meu café, com um sorriso nos lábios. 
- Acho que posso compreender. - ele diz após umedecer seus lábios enquanto olha para os meus. Sinto um arrepio percorrer por todo o meu corpo apenas ao pensar em seus lábios aos meus. - Infelizmente eu tenho de ir.
- Verei-te outras vezes por aqui?
- Você sempre me pode encontrar aqui.
- Desse jeito, passarei a ser uma cliente frequente.
- Isso é bom... Muito bom... - ele diz meio pensativo, o que me deixa confusa, apesar que não há dúvidas de que será realmente muito bom. - Espero nos ver em breve.
- Eu também. - e assim eu o vejo ir embora chamando a atenção de todos, que olham atentamente para ele e depois para mim como se perguntasse o que um homem deste faz comigo. 
Assim que ele abre a porta, antes de sair vira o rosto em minha direção, com um sorriso charmoso que me faz suspirar.
Antes de o ver aqui pensava que iria encontrar alguém totalmente diferente, mas após ficar frente a frente com ele percebo o quão bom esse teste será, para mim, apenas para mim, e com certeza farei o possível para que seja para ele também, se ele for infiel.

Flashback off.
Finalmente chego em casa e após estacionar meu carro jogo minha cabeça contra o volante, eu teria algumas coisas a fazer, mas primeiramente devo ligar para Hannah e falar como seu marido se saio. Não sei se ela vai gostar do que lhe direi, e por um momento me pergunto como ela pode confiar em mim. Eu poderia muito bem mentir para ela, dizer que seu marido foi inconveniente e traidor, se eu o fizesse ela iria terminar com ele? Isso soa ridículo, mas bem, eu apenas direi verdade, contarei todos os detalhes da conversa sem omitir nada. Não sou capaz de mentir, a todo momento apenas falarei a verdade, se ela quiser sou capaz ate de contar detalhes de nossa transa, se chegar a acontecer em algum momento. E eu realmente torço para que aconteça, não posso apenas ficar com minha imaginação de como será esse homem na cama ou em qualquer lugar, apenas sinto uma necessidade de sentir aquele corpo, dependendo de onde seja ou como seja.

6 comentários:

  1. Ta maravilhoso, espero que não demore tantos dias para postar novamente!

    ResponderExcluir
  2. OMJ *oo* continueeeeeeee please s2s2

    ResponderExcluir

✖ Sugestões e críticas são bem vindas.
✖ Caso o script interativo não esteja pegando, informe, por favor.